Implantes dentários: Uma grande alternativa para idosos

by Clínica Implantomed, 21/06/2012

O aumento da longevidade do ser humano é uma realidade observada atualmente nas populações mundiais, onde os cidadãos idosos estão vivendo mais e em condições mais saudáveis do que em qualquer tempo do passado da humanidade.

 Os idosos constituem um grupo especial com estilo de vida, condições sociais e de saúde e necessidades bastante diferentes do restante da população.

Do ponto de vista odontológico, cáries, doença periodontal, câncer bucal,  diminuição ou falta de saliva, ausência parcial ou total de dentes são observados nos idosos e relacionam-se diretamente com as condições de saúde geral e com o grande número de medicamentos usados por estes pacientes. Daí a importância da prevenção e manutenção de uma saúde bucal e geral adequadas nesta faixa etária.

Dentre as alterações ocorridas na cavidade oral do idoso, a perda de elementos dentários é a que implica em maiores consequências para os demais órgãos do corpo humano.

 A ausência parcial ou total de dentes leva a uma redução na capacidade mastigatória, pois o paciente evita alimentos consistentes e fibrosos, deixando de ingerir nutrientes essenciais para a boa qualidade da sua dieta e que contribuem para exacerbar os problemas sistêmicos que, por sua idade, já possa estar apresentando.

 Nos últimos anos, os implantes dentários assumiram grande importância entre a população geriátrica, onde além de melhorarem a estética e a função, as próteses implanto-suportadas podem prevenir a perda de auto estima e combater o isolamento social, causados pela ausência de dentes.

Os implantes dentários funcionam como “pinos” intra-ósseos que são capazes de melhor reter as próteses totais (“dentaduras”) em posição, evitando o seu deslocamento, podendo ser usados também como suporte para próteses fixas. O material desses implantes é o titânio puro, que é biocompatível com os tecidos bucais, ou seja, não causam danos a cavidade bucal.

O fato de ser idoso não seria uma contra-indicação para o uso de implantes. Vários estudos mostram que os problemas cirúrgicos ou protéticos e complicações encontradas em pacientes geriátricos são similares àquelas reportadas em alguns pacientes jovens ou mesmo adultos. O tratamento com implantes deveria levar em conta normas médicas de saúde geral, onde todo o esforço deve ser focado na seleção meticulosa do paciente, visando considerar possíveis condições geriátricas responsáveis por previsíveis falhas no uso de implantes.

Com o advento dos implantes, desde que o paciente idoso atenda aos requisitos necessários da parte cirúrgica, a prótese implanto-suportada, seja ela fixa ou removível, surge como uma nova e excelente alternativa para a reabilitação protética na terceira idade.

 Outro ponto importante é visitar regularmente o dentista que os instalou, para que qualquer problema surgido possa ser resolvido ainda em sua fase inicial.

 A Implantomed é especialista na técnica de implantes sem corte e sem dor! Venha fazer uma consulta!

Comentários

comentários

Curta-nos no Facebook

agende-sua-consulta-pequena Tire suas dúvidas

RT Dra Sheila Mendes Batista CRO-DF 3949/IE 3232. EPAO-DF 1763 IMPLANTOMED© 2015. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Agência Carcará de PublicidadeLOGO_a_250pix

Curta-nos no Google Plus